FANDOM


Rainha Narissa
Reina Narissa 2
Idade Desconhecida
Sexo Feminino
Cidade Natal Desconhecida
Ocupações Rainha de Andalasia (anteriormente)
Afiliações Ruim
Objetivo Ser rainha de Andalasia para sempre, destruir Giselle
Casa Andalasia (anteriormente)
Família Príncipe Edward (afilhado)
Gosta Ser rainha, governar seu reino, o caos, a discórdia, o mal
Estados Unidos Susan Sarandon
Voz no Brasil Geisa Vidal

Rainha Narissa é a principal antagonista do filme de 2007 da Disney, Encantada. No filme, Narissa era a rainha do reino de Andalasia, que vai para o "mundo real", na cidade de Nova York, para acabar com Giselle. Ela é dublada e interpretada por Susan Sarandon.

Criação

Rainha Narissa foi criada para ser semelhante a três famosas Vilãs da Disney - Rainha Má, Malévola, e Lady Tremaine. Ela utiliza disfarce bruxa da rainha, assume uma forma de dragão semelhante a de Malévola e tem o papel de Lady Tremaine como uma madrasta malvada. Em geral, os vilões todos compartilham a mesma função básica e personalidade.

Personalidade

Foi dado a Narissa os melhores e piores traços da Rainha Má, de Lady Tremaine, e de Malévola. Ela é linda, vingativa, astuta, poderosa, cruel e cheia de magia negra.

Poderes e habilidades

Rainha Narissa é especialista em diferentes áreas de magia negra, tais como a mudança de forma ao dizer "Speciosus, formosus, praeclarus", Electrokinesis, comunicação com a água (que ela tanto controlar a água, como assumir formas líquidos, como sopas e álcool). Ela também tem o poder de ver onde qualquer pessoa no mundo esta (seja em Andalasia ou no mundo real). Ela também é capaz de preparar diferentes feitiços mágicos como ela fez maçãs envenenadas.

Papel no filme

Narissa aparece pela primeira vez na esperança de que ela não vai ver o dia em que seu enteado, Príncipe Edward, vá encontra uma noiva perfeita, mas ele acabou se apaixonando por uma garota chamada Giselle. Sabendo que Edward vai ser coroado rei em seu casamento e substituí-la como o monarca, Narissa promete fazer tudo para destruir a menina. Horas antes do casamento, ela aparece em uma forma de uma senhora e engana Giselle fazendo ela cair em uma fonte que leva à cidade de Nova York, no mundo real.

Narissa mais tarde envia seu servo dedicado Nathaniel para Nova York para matar Giselle com uma maçã envenenada. Quando Nathaniel falha, Narissa vai para Nova York para terminar o trabalho. Ela vai para o baile em celebração da cidade e convence Giselle para comer a maçã, dizendo-lhe que uma mordida vai apagar suas memórias dolorosas de Nova York. Todos, incluindo Nathaniel, confrontam Narissa e Giselle é acordada por um beijo de seu verdadeiro amor, Robert.

Com raiva, Narissa se transforma em um dragão cuspidor de fogo e a batalha do filme começa. Narissa leva Robert para o pico do prédio e Giselle luta contra Narissa para salvá-lo. Giselle e Robert parecem condenados até o melhor amigo de Giselle, Pip, aparecer; devido a ele estar acima do peso, ele consegue quebrar a ponta do prédio que Narissa estava usando para se apoiar e faz com que ela derrube Robert. Narissa, em seguida, cai para a morte explosiva enquanto Giselle, Robert, e Pip ficam seguros no topo do edifício.

Trivialidades

  • O plano de Rainha Narissa para enviar Giselle para o "mundo real" era para que ela não tivesse um final feliz, semelhante ao da Rainha Regina (que é baseada na Rainha Má, assim como Narissa), que planeja enviar todos da Floresta Encantada para o "mundo real", de modo que nenhum deles tem finais felizes, exceto ela.
  • Rainha Narissa é o único vilão da Disney até o momento que tem um enteado príncipe (Príncipe Edward).
  • Rainha Narissa compartilha uma semelhança com Malévola (em questão de roupas e se transformam em dragões durante a luta final). Além disso, sua forma de bruxa tem uma semelhança surpreendente com a Rainha Má como uma bruxa. Ela também parece um pouco semelhante a Cruella De Vil.
  • Ela também compartilha um homônimo com um ex-vilão na série "W.I.T.C.H." (um show Disney).
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.